Publicidade

Morreu na madrugada desta quinta-feira (14) o ex-jogador colombiano Freddy Rincón. Aos 55 anos, o atleta não resistiu aos graves ferimentos provocados por um acidente de trânsito em Cali, na Colômbia. As informações são do g1.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Rincón, que jogou no Corinthians e no Palmeiras, teve traumatismo craniano ao ser atingido por um ônibus enquanto dirigia. Ele chegou a ser operado, mas não resistiu.

> Perguntas e respostas sobre como avião sumiu na Argentina e por que ele ainda não foi encontrado

Segundo imagens de segurança, um dos veículos estava em alta velocidade. O atleta deixa dois filhos, um deles jogador de futebol na Argentina. 

Comoção nas redes sociais

Nas redes sociais, o Corinthians, o Santos e a seleção colombiana lamentaram a morte do jogador. Um de seus filhos também divulgou uma foto no Intagram, em que mostra a sua mão entrelaçada com a do pai. 

É com muita tristeza que nos despedimos de um grande ídolo.

Nosso capitão no primeiro titulo mundial, Freddy Rincón faleceu na madrugada desta quinta-feira.

Eternamente em nossos corações 🖤 pic.twitter.com/tiSPNiYKDC

— Corinthians (@Corinthians) April 14, 2022

O Santos FC lamenta profundamente o falecimento do ex-jogador Freddy Rincón. A lenda colombiana defendeu o Peixão entre os anos de 2000 e 2001.

Nossos sentimentos a todos os amigos e familiares do craque, que jamais será esquecido pela nação santista. Descanse em paz, Rincón! 🖤 pic.twitter.com/nnKI4H6SKZ

— Santos FC (@SantosFC) April 14, 2022

Leia também

SC tem exportação recorde em março e fluxo de comércio chega a US$ 3,3 bi

Onze municípios de SC devem integrar a primeira Rota Turística do Tiro do país

Meteoro “bola de fogo” é registrado por estação do Planalto Norte de SC

Read More

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.