Publicidade

A queda precoce encerra uma campanha irregular do Brasil no torneio. Na primeira fase, os comandados de Renan Dal Zotto avançaram em sexto lugar ao mata-mata, com oito vitórias e quatro derrotas – uma delas para a China, apenas a 13ª colocada, por três a zero, em Brasília. Os demais tropeços foram para EUA, Polônia e França, todos rivais que ficaram à frente na classificação.

No jogo desta quarta, os brasileiros anotaram mais pontos de ataque (61 a 56), mas erraram muito mais que os norte-americanos (28 a 21) e foram parados sete vezes pelo bloqueio, três deles executados pelo central David Smith. O paredão verde e amarelo funcionou em apenas três ocasiões. Apesar disso, foi do Brasil o maior pontuador do confronto: o ponteiro Yoandy Leal, com 18 acertos.

O próximo desafio do voleibol brasileiro será o Campeonato Mundial, entre 26 de agosto e 11 de setembro, na Polônia e na Eslovênia. A seleção masculina estreia diante de Cuba e ainda terá Japão e Catar pela frente no Grupo B da primeira fase. O Brasil ergueu a taça em três ocasiões (2002, 2006 e 2010) e foi vice-campeão nas duas últimas edições (2014 e 2018), em ambas superado pelos poloneses. 

source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.