Publicidade

A Prefeitura de Várzea Grande deu início à campanha de doação de sangue “VG + Vidas”, que ocorrerá entre esta segunda-feira (6) até a sexta-feira (10), em frente ao prédio da Prefeitura, com funcionamento das 8h às 11h30 e das 13h às 16h. A campanha é uma iniciativa do Gabinete de Apoio às Ações Transformadoras (GAAT) e da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o MT-Hemocentro.
O prefeito Kalil Baracat, acompanhado da primeira-dama e promotora de Justiça Kika Dorilêo Baracat, foi o primeiro a colaborar doando sangue. Kalil destacou que é comum os bancos de sangue estarem com estoques baixos, o que motivou a parceria com o MT Hemocentro. “Nos sensibilizamos com isso e estamos fazendo aqui em Várzea Grande essa campanha. O GAAT e a Secretaria de Saúde estão todos envolvidos. E o que nós queremos é arrecadar sangue para contribuir com o Hemocentro. Gostaria de convidar a toda a sociedade várzea-grandense para juntamente conosco participar dessa campanha. Venham doar sangue! Venha somar junto conosco!”, conclamou.
O secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Barros, afirmou que a campanha de doação de sangue trata-se de “uma ação muito importante, uma cooperação técnica pela vida” e que a Secretaria Municipal de Saúde tem trabalhado juntamente com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) para reativar um posto de coleta fixo no município, além de buscar outras formas de incentivar os munícipes a serem doadores regulares de sangue. “Temos trabalhado com o MT Hemocentro e com o Governo do Estado e nós vamos abrir uma agência do MT Hemocentro aqui em Várzea Grande. Inclusive temos na pauta com o prefeito um projeto de lei para tornar gratuita a passagem de ônibus para quem for doador regular de sangue. É uma maneira de incentivar e avançar nesse sentido. Eu acredito que a gente vai ter um êxito e uma conscientização da população”, disse.
Exemplo de solidariedade
Dentre os primeiros a comparecerem na manhã desta segunda-feira (6) na unidade móvel do Hemocentro estava o servidor da Prefeitura de Várzea Grande, Vicente Gomes Lacerda, doador de sangue há 17 anos. “Vejo que além de ser um gesto social, é uma questão de amor ao próximo. É indolor, não tem nenhuma contraindicação e tem a possibilidade de salvar vidas, que é o mais importante”, comentou.
Vicente elogiou a iniciativa do GAAT em trazer toda a estrutura para seu local de trabalho. “Eu achei uma ação interessante porque a gente não tem que se deslocar. É uma ação bem-vinda e que vai facilitar”, afirmou. Para quem nunca doou sangue, o servidor deixou seu recado: “Eu digo que não precisa ter medo porque não dói, não tem nenhuma contraindicação e o melhor de tudo é o sentimento de que está contribuindo de alguma forma com o seu semelhante”.

Saiba como doar sangue
De acordo com a enfermeira Rackel de Pinho, responsável pela unidade móvel do MT Hemocentro, a pessoa interessada em doar sangue deve estar bem alimentada, ter dormido bem e não ter ingerido bebida alcoólica na noite anterior. No local, é realizado um cadastro e uma triagem clínica com enfermeiro antes da captação de sangue. Também é oferecido um lanche após a doação. Todo o procedimento dura em torno de 30 a 40 minutos. A unidade móvel tem capacidade de 40 atendimentos por período (das 8h às 11h30 e das 13h às 16h).
A profissional da saúde destaca ainda que quem tomou vacina recentemente deve observar alguns prazos para doar sangue, sendo: 48 horas de intervalo para quem tomou vacina contra a gripe ou a vacina Coronavac (contra a covid-19). No caso das demais vacinas contra a covid-19 (Astrazeneca, Pfizer ou Janssen) é necessário aguardar 7 dias para fazer a doação. Caso a pessoa tenha contraído covid-19 ou alguma outra doença gripal, é possível doar sangue após 10 dias de cessados todos os sintomas.
Também estiveram presentes na abertura da campanha “VG + Vidas” os secretários Ana Cristina Vieira (Assistência Social), Silvio Fidelis (Educação, Cultura, Esporte e Lazer), Benedito Gonçalo de Figueiredo (Governo), a sub-secretária de Saúde, Maria das Garças Metelo e os vereadores Carlinhos Figueiredo, Jero Neto, Gisa Barros e Pastor Paulo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.