Publicidade

Em contato hoje (01/06) com o site OEMPALLADOR  esposo de uma das servidoras acusadas ontem (31/05) pelos líder do Prefeito Kalil Baracat (MDB), Cleyton Nassarden Guerra (PTB), de suposto assédio moral, prometeu que irá acionar o Conselho de Ética da Câmara de Várzea Grande, pois vê que o Vereador cometeu injustiças, dado que preferiu acreditar em fofocas, não ouvindo ambos os lados. O site OEMPALLADOR teve acesso ao documento em que o parlamentar solicita informações ao Secretário de Saúde, nele pede : função, atribuição e capacidade técnica, uma atua como contratada e outra é funcionária de carreira. “Denúncia infundada e sem provas. Deveria fiscalizar buracos pelas ruas, aos  invés de acreditar em fofocas. Se não provar vamos aciona-lo”, confessou uma das acusadas. Em tempo, coincidentemente, a servidoras são seguidoras do Presidente da Câmara/VG, Fábio Tardin (PSB), que ouviu tudo caladinho, inclusive teve outro que foi detonado na tribuna, Geovane Renfro da Silva, fiel a Fabinho desde 2016.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.