Publicidade


Polícia Civil informou que produtos eram comprados no Paraguai e vendidos em Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná. Eletrônicos no valor de R$ 600 mil apreendidos com empresário preso por contrabando
Reprodução/Polícia Civil
A Polícia Civil prendeu, neste sábado (14), um empresário suspeito de vender eletrônicos contrabandeados no setor Campinas, em Goiânia. A corporação apreendeu com ele mercadorias que, somadas, valem até R$ 600 mil e seriam vendidas em Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná, de acordo com as investigações.
O G1 não conseguiu identificar a defesa do empresário para pedir um posicionamento sobre a prisão.
Equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) ficaram observando a casa e o comércio do investigado desde sexta-feira (13) até localizarem e prenderem o homem. Segundo a corporação, a apuração teve apoio da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, que informou aos policiais de Goiás que o empresário contrabandeava os eletrônicos para vendas nos dois estados e ainda no Paraná.
Eletrônicos contrabandeados do Paraguai que seriam vendidos em Goiânia
Reprodução/Polícia Civil
“Esse cara estava sendo monitorado pela polícia do MS porque ele comprava produtos no Paraguai, vendia um pouco lá, um pouco no Paraná e trazia maioria para cá, para vender em Goiânia. Essas mercadorias eram vendidas aqui de forma não tributada e a preços aquém do mercado”, explicou o delegado Alexandre Bruno, um dos responsáveis pela ação.
Entre os produtos revendidos pelo empresário, segundo a Polícia Civil, estão televisores, celulares, entre outros. No momento da prisão, a corporação apreendeu com ele: 66 iPhones, 33 Apple Watches, 21 receptores digitais para aparelhos de TV, 7 iPads, 11 fones e 8 caixas acústicas.
No mercado, os celulares têm preços que variam de R$ 1 mil até R$ 4 mil. Os relógios (Apple Watches), também podem custar até R$ 2 mil. No caso dos receptores, eles podem ser encontrados por até R$ 300, assim como os fones. As caixinhas de som, no entanto, podem custar até R$ 1 mil. Já os iPads valem cerca de R$ 2 mil cada.
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.