Publicidade

O triunfo encerrou um jejum de três jogos sem vitórias do clube carioca, que foi dirigido pelo interino Emílio Faro. Ele assumiu no lugar de Maurício Souza, demitido após a derrota por 1 a 0 para o Vila Nova, no Serra Dourada, em Goiânia, no sábado (23).

O Gigante da Colina foi a 38 pontos, recuperando o posto que tinha sido perdido para o Grêmio no fim de semana. O Galo de Campina, que voltou a perder na Série B após nove partidas de invencibilidade, permanece com 28 pontos, na oitava colocação, mas pode ser ultrapassado por Criciúma, Sport e Novorizontino na sequência da rodada.

Os anfitriões saíram na frente aos três minutos do primeiro tempo, com Andrey Santos. O volante completou, de cabeça, o escanteio batido pelo meia Nenê. Aos 26, Anselmo Ramon balançou as redes para o CRB, mas o gol foi anulado pelo árbitro de vídeo (VAR), que identificou impedimento do centroavante. Quatro minutos depois, o atacante Raniel aproveitou o desarme do volante Yuri Lara, carregou a bola até a meia-lua e chutou no canto do goleiro Diogo Silva, ampliando para o Vasco.

O Cruzmaltino chegou ao terceiro gol aos seis minutos da etapa final. Novamente com Andrey Santos, aproveitando a sobra de uma bola disputada por Raniel na área e batendo cruzado. A equipe da casa manteve o controle do jogo e transformou a vitória em goleada nos acréscimos, com o atacante Eguinaldo fechando o placar.

Neste domingo (31), às 16h (horário de Brasília), o Vasco encara a Chapecoense em São Januário. No dia 4, o CRB enfrenta a Ponte Preta no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Os jogos valem pela 22ª rodada da Série B.

source

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.